Bem vindo ao meu universo! Neste blog você encontrará textos de uma garota de 21 anos, Ana Teresa Araújo Viana. Alguns textos são reflexões sobre diversos assuntos, outros são apenas o resultado de alguma madrugada inspiradora. Sem mais delongas, Deixa a Alma Respirar!







segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Ela sente falta. Falta de um rosto que nunca viu, de um abraço que nunca sentiu, de um sorriso nunca vislumbrado, de alguém nunca conhecido por ela. Aonde quer que ele vá, ele olha para todos os lados, mas sabe que ela não está ali. Ainda não. Ela sentiria se ele estivesse. Ou não? Todas as suas experiências não foram suficientes. Ela ainda não o encontrou. Ele sabe que toda a sua vida terá valido de nada, será uma poeira no universo sem brilho algum, ela sabe que nada fará sentido se ele não a encontrar. Ei, onde você se esconde? Ela quer gritar. Mas ele pede paciência a si mesmo, ela pede calma, impossível calmaria para uma alma ansiosa pelo complemento final. Mas ela aguenta firme, ele acorda e se levanta, ela levanta e sai da cama, ele se veste, ela abre a porta da rua e caminha para onde deve ir. Porque ela gosta de imaginar que cada passo que dá a conduz até o momento certo... Porque ela pressente que o reencontro virá! Sim, ela já o conhece, ela chega à conclusão. Ela já o ama sem saber. Mas agora ele já sabe. Ela ama todos os seus traços, ela conhece todos os seus sorrisos e seus trejeitos. Ela consegue até ouvir aquela voz se ela se esforçar. Sim, ele já a conhece! O rosto já é conhecido, o abraço já foi sentido, o sorriso, muitas vezes vislumbrado, o alguém, tão amado. Onde mesmo foi que se perderam um do outro? Que anjo malino os empurrou dos céus, fazendo com que caíssem tão longe um do outro? E onde afinal está o anjo perdido? Porque é tão difícil, porque tantas pessoas erradas estão no caminho, porque é tão difícil encontrá-lo? Ei, tudo devia ser bem mais fácil, você sabe. A vida devia ser prazerosa e bela, e o seu sorriso devia ser o verdadeiro raio de sol. Os seus olhos deveriam ser o espelho no qual ele se observaria, os seus olhos deveriam ser o mar com o qual ela sonha! Ei, porque tanto tempo perdido? Quando é que vão se perceber? Você não vê, que a hora está chegando, que ela não consegue mais? Ei, o amor tem pressa, tem urgência, mas não tem hora certa pra chegar. Você é um tolo atrasado. Ela ri dizendo isso, aliás, ela quase ri dizendo isso. Você é a tola atrasada que eu amo, ele murmura baixinho. Mas ela sabe que todos os caminhos conduzem a ele. E os seus caminhos apontam para ela. Vai chegar. Cada amanhecer faz mais próximo. Ela sabe. Ele também.

3 comentários:

  1. E eu também sei. É uma certeza quase palpável. A certeza de que ele e ela se encontrarão algum dia. Afinal eles se guardam um para o outro e há muito, muito tempo, Aquele que tudo providencia trabalha para que esse encontro aconteça. Pode até ser que demore, ou não; mas irá acontecer. E é por isso, que valerá a pena esperar. Quando acontecer, ela vai concordar comigo, você não acha, Ana? Bjos. Eu te amo.

    ResponderExcluir
  2. é... um dia ele virá!
    (pelo menos eu espero! rsrs)
    adorei amiga!

    ResponderExcluir

Esse espaço é seu. Exponha suas idéias, suas opiniões. Livremente, sem medo. Deixa a Alma Respirar!