Bem vindo ao meu universo! Neste blog você encontrará textos de uma garota de 21 anos, Ana Teresa Araújo Viana. Alguns textos são reflexões sobre diversos assuntos, outros são apenas o resultado de alguma madrugada inspiradora. Sem mais delongas, Deixa a Alma Respirar!







segunda-feira, 1 de novembro de 2010

O Presente de Morfeu.

Quando mesmo tive certeza que era você? Acho que foi quando te vi pela primeira vez. Digo ver, porque ainda não te conheço. Não pessoalmente. Pensando bem, desconheço totalmente aqueles que conheço, e acredito conhecer infinitamente mais você, você que apenas vejo. Em sonhos. Sim, em sonhos, poucos e loucos. Porque sou uma menina tão sem graçamente normal, que penso Morfeu ter pena de mim. Sim, pena, muita pena. Porque até mesmo a maioria dos meus sonhos são normais. Morfeu presenteou-me então com aqueles sonhos, os poucos, os loucos. Aqueles em que vejo você, você que é a melhor parte do presente de Morfeu. A segunda melhor parte é que você aparece a cada sonho com uma feição diferente; hoje louro, amanhã moreno. A princípio, ninguém sabe que você é a mesma pessoa. Ninguém, exceto uma menina normal que sonha presentes de Morfeu. Claro que assim não consigo saber como você é, na verdade. Por isso mesmo é bom: posso viver a minha vida sem graçamente normal procurando você. Corro o risco de te conhecer em uma esquina, em qualquer lugar, sob qualquer feição, as que eu já vi e as que ainda verei. Então procuro e sonho, sonho e procuro, é tudo o que eu posso fazer. É tudo o que eu faço com o coração. Mas nos sonhos eu sou sempre a mesma, mas totalmente diferente de quem sou. Claro que sim, afinal sou apenas um rascunho daquilo que serei quando eu afinal te conhecer. O que estou dizendo? Não sei o que sou. Aliás, nem mesmo sou. Ainda não te conheci. Pensam que sou triste. Como posso ser triste quando tenho você? Mas eu ainda não te conheço... Mas eu já te encontrei! Tão melhor ter te encontrado, antes mesmo de ter te conhecido, pois é tão vazia a relação daqueles que se conhecem, mas nunca realmente se encontraram... Tristes são eles. Eu não. Eu tenho você.

2 comentários:

  1. adorei o seu blog, Ana *-*
    já tô seguindo (:

    aaah, eu tenho um blog também:
    http://tripolaress.blogspot.com/
    dá uma passadinha lá depois, bejim

    ResponderExcluir
  2. Ei, que bom que gostou do blog!
    Obrigada por seguir!
    Estou seguindo o seu, também. Gostei muito!
    Beijos!

    ResponderExcluir

Esse espaço é seu. Exponha suas idéias, suas opiniões. Livremente, sem medo. Deixa a Alma Respirar!